Educadores participam de seminário sobre Educação Científica em Juazeiro

Fotos: divulgação
Professores, coordenadores pedagógicos e gestores ligados ao Núcleo Territorial de Educação (NTE 10 Juazeiro), a 500 km de Salvador, estão participando do 1º Seminário Colaborativo do Projeto Ciência na Escola 2017. A ação formativa, que acontece até esta quinta-feira (13), no auditório da sede do NTE 10, é parte integrante do plano de formação continuada relacionada à prática da Educação Científica no Ensino Médio, destinada aos educadores da rede estadual, dentro do Ciência na Escola, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia. 
 
A formadora regional do Ciência na Escola, Vanessa Chaves, fala sobre a importância do seminário no que se refere ao fortalecimento da Educação Científica nas escolas. “Este encontro é uma das etapas de formação dos educadores ligados ao Ciência na Escola, na Educação Básica. Além de promover a formação, o encontro busca mobilizar os nossos educadores da área das Ciências da Natureza (Física, Química, Biologia e Ciências) e, também, os que atuam em Ciências Humanas (Geografia, História, Sociologia e Filosofia), para que o projeto se consolide, cada vez mais, na rede estadual”.
 
A diretora do Colégio Estadual Misael Aguilar, em Juazeiro, Michele Laudílio, comenta sobre a importância do Ciência na Escola que visa fomentar a pesquisa e a investigação nas escolas, promovendo o protagonismo dos estudantes, por meio de projetos de iniciação científica com grande alcance e relevância social. “O Ciência na Escola ajuda a despertar os nossos jovens para as problemáticas cotidianas da realidade deles. Para se ter uma ideia, tivemos um grupo de estudantes da nossa unidade que foi premiado na Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente da Fiocruz e isto só foi possível porque a escola já trabalhava com o Ciência na Escola, que desperta nos alunos o interesse para identificar uma problemática e buscar soluções para a sua comunidade”, relata a gestora.
 
Ao longo do seminário, completa a formadora, os participantes estão sendo oportunizados a aprendizagens significativas, na perspectiva interdisciplinar da tecnologia educacional do Ciência na Escola. Deste modo, os temas dialogados no encontro estão voltados, por exemplo, à Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA), promovida pela Secretaria da Educação do Estado, com o objetivo de estimular o estudo das Ciências em sala de aula. Também estão sendo abordados os projetos de pesquisas desenvolvidos nas escolas, bem como a elaboração e aplicação de sequências didáticas com recurso pedagógico.
 

Notícias Relacionadas