6ª Feira de Ciências da Bahia | escolas

6ª Feira de Ciências da Bahia

6ª Feira de Ciências da Bahia

A Secretaria da Educação, por meio do Ciência na Escola, convida os professores e estudantes da educação básica para a submissão de projetos à 6ª FECIBA. A data limite para submissão dos trabalhos é 24 de outubro de 2016.

>> Leia a Consulta Pública da 6ª Feciba

>> Clique na imagem abaixo e preencha o formulário para submissão do seu trabalho. 


>> Mais sobre a Feciba 

A 6ª Feira de Empreendedorismo, Ciência e Inovação da Bahia - Feciba é fruto da realização das Feiras Escolares de Ciências e Matemática que se constituem na culminância das atividades desenvolvidas pelos Programas Estruturantes da Secretaria da Educação da Bahia, resultando, portanto, trabalhos não apenas de natureza interdisciplinar, mas como resultado dos esforços envidados pelos Programas Estruturantes que são desenvolvidos por professores da rede estadual, detentores do conhecimento acerca da necessidade da Escola. A Feciba é um espaço de mostra de experiências, de estímulo ao protagonismo dos estudantes que, orientados por docentes, fortalecem o domínio de habilidades próprias ao campo das Ciências da Natureza e Humanas, e da Matemática, decorrentes do ensino escolar dessas áreas de conhecimento.

Objetivos

Dessa forma destacamos como principais objetivos da Feira de Ciências da Bahia:

• Formação de Professores (por meio dos Programas Estruturantes);

• Estímulo à realização de experiências científicas e inovações experimentais de estudantes com orientação de professores;

• Estabelecimento de estratégias para fomento à Educação Científica e consequente melhoria do ensino de Ciências;

• Aproximação entre os campos da Ciência, da Cultura, dos Direitos Humanos, da Comunicação e das novas tecnologias da comunicação;

• Estimular a cooperação para o fortalecimento de uma rede de pesquisadores juniores e seus orientadores;

• Contribuir para melhores resultados de jovens baianos nos índices avaliativos como o Programa Internacional de Avaliação de Alunos - PISA e o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB;

• Promover o processo de iniciação científica na Educação Básica tendo a pesquisa como elemento norteador da relação de aprendizagem.

A 6ª Feira de Ciências da Bahia continuará a ter um papel proativo de intercâmbio, formação de profissionais da Educação e dinamizador da produção científica, por esse motivo outro objetivo dessa proposta é elevar o número de professores, alunos, municípios e escolas atendidos, conforme o quadro a seguir.

 

Notícias Relacionadas