Projeto de Prevenção ao Uso Abusivo de Drogas

Projeto de Prevenção ao Uso Abusivo de Drogas

Redução de Danos

É uma Política Pública de Saúde  voltada para prevenir ou reduzir as consequências negativas de certos comportamentos relacionados ao uso de drogas. Ela busca reduzir os riscos e os danos para o usuário, sua família e a comunidade. A Redução de Danos (RD) se ocupa tanto da prevenção e da diminuição dos riscos e danos à saúde associados ao consumo de substâncias psicoativas (Drogas), como do seu tratamento. O simples ato de beber água enquanto consome qualquer bebida alcoólica, por exemplo, hidrata o organismo e diminui os sintomas de ressaca.
 



Ampliação do conceito

As ações em RD, de acordo com o Ministério da Saúde, são significativas “porque reconhecem cada usuário em sua singularidade, traçando com ele estratégias que estão voltadas, não para a abstinência como único objetivo a ser alcançado, mas para a defesa da vida”.

A pessoa que usa drogas deve ser vista como um ser ativo, capaz de ser útil para seus pares e para a sociedade, resgatando as potencialidades escondidas pelo estigma que recai sobre ela.

As ações de RD se caracterizam pelo uso de uma linguagem adaptada à idade e às referências socioculturais da pessoa que usa drogas.

A RD tem seu campo de ação voltado para o território, por isso, a atuação em rede é muito importante. Considera-se rede, nesse caso, tudo que engloba a família, os profissionais, a escola, os serviços de saúde, e as organizações governamentais e não governamentais.