Material de Apoio Pedagógico

Material de Apoio Pedagógico

RE­FE­RÊN­CIAS PARA UMA PO­LÍ­TICA NA­CI­ONAL DE EDU­CAÇÃO DO CAMPO – CA­DERNO DE SUB­SÍ­DIOS. Mi­nis­tério da Edu­cação – Grupo Per­ma­nente de tra­balho de Edu­cação do Campo. Este do­cu­mento am­plia as dis­cus­sões sobre a Edu­cação do Campo com os di­versos Mi­nis­té­rios, di­fe­rentes ór­gãos pú­blicos, mo­vi­mentos so­ciais e or­ga­ni­za­ções não-go­ver­na­men­tais, com vistas à for­mu­lação e im­ple­men­tação de po­lí­ticas de edu­cação e de de­sen­vol­vi­mento sus­ten­tável do campo. Cons­titui-se num ins­tru­mento de tra­balho para edu­ca­dores, ges­tores pú­blicos, mi­li­tantes so­ciais e para todos aqueles que com­pre­endem a edu­cação como di­reito fun­da­mental e con­dição bá­sica para o exer­cício da au­to­nomia ci­dadã pelos su­jeitos que no campo vivem, tra­ba­lham, pro­duzem bens e cul­tura e an­seiam his­to­ri­ca­mente pelo cum­pri­mento do dever pre­cípuo do Es­tado bra­si­leiro, que é o de ofe­recer as ga­ran­tias e as con­di­ções ne­ces­sá­rias à uni­ver­sa­li­zação da edu­cação em todos os ní­veis para todos os bra­si­leiros e bra­si­leiras ( MEC, 2004).

CA­DERNOS TE­MÁ­TICOS SECAD - 2 Edu­cação do Campo: di­fe­renças mu­dando pa­ra­digmas. Mi­nis­tério da Edu­cação/SECAD, 2007.​Esse do­cu­mento se des­tina a con­tri­buir com o de­bate e a com­pre­ensão dos me­ca­nismos e im­pli­ca­ções que têm ca­rac­te­ri­zado as in­ter­ven­ções do Es­tado e as ações da so­ci­e­dade civil para a edu­cação dos povos do campo. Parte da com­pre­ensão das nu­ances con­cei­tuais e me­to­do­ló­gicas in­trín­secas à sua na­tu­reza po­lí­tico-pe­da­gó­gica e tem por fi­na­li­dade in­formar e es­cla­recer os ges­tores pú­blicos sobre a sua di­mensão po­lí­tica ( MEC/SECAD, 2007).

PA­NO­RAMA DA EDU­CAÇÃO NO CAMPO Ins­ti­tuto Na­ci­onal de Es­tudos e Pes­quisas Edu­ca­ci­o­nais Anísio Tei­xeira, 2007. Livro que apre­senta al­guns dados le­van­tados pelo IBGE e pelo INEP, que per­mitem uma ra­di­o­grafia do meio rural e das es­colas ali lo­ca­li­zadas, vi­sando à ori­en­tação para de­fi­nição e for­ma­tação de po­lí­ticas para a edu­cação dos povos do campo.

CON­SELHO ES­COLAR E A EDU­CAÇÃO DO CAMPO- Ca­derno 09 Mi­nis­tério da Edu­cação. Se­cre­taria de Edu­cação Bá­sica – Bra­sília: MEC, SEB, 2010. Este ca­derno in­tegra o Pro­grama Na­ci­onal de For­ta­le­ci­mento dos Con­se­lhos Es­co­lares e tem como ob­je­tivo con­tri­buir para que o Con­selho Es­colar possa atuar como um dos ins­tru­mentos de gestão de­mo­crá­tica nas Es­colas do Campo. Apre­senta algu¬mas re­fle­xões sobre a Edu­cação do Campo e as Es­colas do Campo, a partir do en­ten­di­mento das or­ga­ni­za­ções so­ciais e en­ca­minha su­ges­tões para que cada co­le­tivo es­colar possa es­ta­be­lecer seus pró­prios me­ca­nismos que as­se­gu­rarão a par­ti­ci­pação so­cial na de­li­mi­tação de suas ações, dando des­taque ao Con­selho Es­colar como uma es­tra­tégia ímpar nesse con­texto de de­mo­cra­ti­zação da edu­cação e da so­ci­e­dade ( MEC/ SEB, 2006).

DI­RE­TRIZES CUR­RI­CU­LARES NA­CI­O­NAIS PARA A EDU­CAÇÃO IN­FANTIL - Mi­nis­tério da Edu­cação. Se­cre­taria de Edu­cação Bá­sica – Bra­sília: MEC, SEB, 2010. Reúne prin­cí­pios, fun­da­mentos e pro­ce­di­mentos de­fi­nidos pela Câ­mara de Edu­cação Bá­sica do Con­selho Na­ci­onal de Edu­cação, para ori­entar as po­lí­ticas pú­blicas e a ela­bo­ração, pla­ne­ja­mento, exe­cução e ava­li­ação de pro­postas pe­da­gó­gicas e cur­ri­cu­lares de Edu­cação In­fantil. Apre­senta ori­en­ta­ções para cons­trução da Pro­posta Pe­da­gó­gica d as In­fân­cias do Campo, re­a­fir­mando a ne­ces­si­dade de re­co­nhecer os modos pró­prios de vida no campo como fun­da­men­tais para a cons­ti­tuição da iden­ti­dade das cri­anças mo­ra­doras em ter­ri­tó­rios ru­rais.

CARTA DE SAL­VADOR- 2004 - Do­cu­mento oriundo de uma pro­dução com pro­po­si­ções apre­sen­tadas por um co­le­tivo de su­jeitos no I Se­mi­nário Es­ta­dual da Edu­cação do Campo, pro­mo­vido pelo Mi­nis­tério da Edu­cação em par­ceria com a UN­DIME e Se­cre­taria da Edu­cação

OUTRAS REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS

EDU­CAÇÃO DO CAMPO - DE­SA­FIOS PARA A FOR­MAÇÃO DE PRO­FES­SORES
Aracy Alves Mar­tins, Maria Isabel An­tunes – Rocha, Edi­tora Au­ten­tica.

POR UMA EDU­CAÇÃO DO CAMPO
AR­ROYO, Mi­guel Gon­zalez; FER­NANDES, Ber­nardo Man­çano. A Edu­cação bá­sica e o mo­vi­mento so­cial do campo. Bra­sília, DF: Ar­ti­cu­lação Na­ci­onal por uma Edu­cação Bá­sica do Campo, 1999. (Co­leção Por uma edu­cação do campo, n. 2).

ES­COLA RURAL: UR­BA­NI­ZAÇÃO E PO­LÍ­TICAS EDU­CA­CI­O­NAIS
Sergio Ce­lani Leite, Edi­tora Cortez, 1999

DI­CI­O­NÁRIO DA EDU­CAÇÃO DO CAMPO.
CAL­DART, Ro­seli Sa­lete; PE­REIRA, Isabel Brasil. Edi­tora: Ex­pressão Po­pular, 2012.

POR UMA EDU­CAÇÃO DO CAMPO
MO­LINA, Mô­nica Cas­tagna; JESUS, Sônia Meire Santos Aze­vedo de  (Org.).Con­tri­bui­ções para a cons­trução de um pro­jeto de edu­cação do campo. Bra­sília, DF:Ar­ti­cu­lação Na­ci­onal por uma Edu­cação do Campo, 2004. (Co­leção Por uma edu­cação do campo, n. 5).

POR UMA EDU­CAÇÃO DO CAMPO
SANTOS, Cla­rice Apa­re­cida dos (Org.). Edu­cação do campo: campo, po­lí­ticas pú­blicas, edu­cação. Bra­sília/DF: Incra, MDA, 2008. (Co­leção Por uma edu­cação do campo, n.7).

ES­COLA DE DI­REITO: REIN­VEN­TANDO A ES­COLA MUL­TIS­SE­RIADA.
 Maria Isabel An­tunes-Rocha, Sa­lomão Mu­farrej Hage (or­ga­ni­za­dores).– Belo Ho­ri­zonte: Au­tên­tica Edi­tora, 2010. – (Co­leção Ca­mi­nhos da Edu­cação do Campo).

CA­DERNOS DI­DÁ­TICOS SOBRE EDU­CAÇÃO NO CAMPO/ Uni­ver­si­dade Fe­deral da Bahia, or­ga­ni­za­dores Celi Nelza Zülke Taf­farel, Cláudio de Lira Santos Jú­nior, Mi­cheli Or­tega Es­cobar Sal­vador : EDI­TORA, 2009.

POR UMA EDUCAÇÃO DO CAMPO DE QUALIDADE SOCIAL; TRANSGREDINDO PARADIGMAS (MULTI) SERIADO DE ENSINO. Em Aberto, Brasília, v.24, n. 85, p.97-113,abr 2011.

Sites temáticos