Hortas Escolares

Hortas Escolares

 
Despertar uma consciência ambiental e implantar hábitos de vida saudáveis devem estar entre as preocupações sumárias das unidades escolares, para formar adultos mais conscientes com esses aspectos em um futuro próximo. É nesse contexto, que as hortas escolares servem como um espaço para se formar tais hábitos, através da construção de um ambiente voltado para as práticas ambientais, onde as atividades que poderão ser abordadas tornarão as aulas prazerosas e diversificadas, unindo teoria e prática em um campo de interações reais e visíveis à percepção dos estudantes, servindo como um laboratório vivo, proporcionando vivências ímpares no aprendizado dos mesmos. Além disso, as hortas, também, podem contribuir para a inserção da comunidade, trazendo para o projeto os pais e familiares dos estudantes e, consequentemente, o fortalecimento da parceria escola-família. 
 
Diversos autores destacam que a implantação de horta escolares, como um eixo gerador da prática pedagógica, viabiliza ações importantes como debates, estudos, atividades sobre as questões ambientais, alimentares e nutricionais, além de pesquisas diversas; proporciona um trabalho dinâmico, participativo, prazeroso, inter e transdisciplinar, promovendo descobertas e múltiplas aprendizagens, permitindo o envolvimento e a expansão do pensamento crítico dos estudantes, influenciando em sua forma de agir frente às questões socioambientais, além de reorientar o processo de aprendizagem e permitir uma visão complexa dos sistemas ecológicos. 
 
É neste contexto e em consonância com os Eixos 2, 4 e 5 do Programa Educar para Transformar - um Pacto pela Educação, e o Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, que a Secretaria Estadual da Educação, por meio da Superintendência de Políticas para Educação Básica/Coordenação de Educação Ambiental e Saúde, estimulando a implantação de hortas nas unidades escolares da rede estadual, como uma das estratégias para estimular a inclusão de propostas de Sustentabilidade Socioambiental no Projeto Político Pedagógico, para incentivar a criação e o fortalecimento das Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida - COM-VIDA, para contribuir para a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e para a consecução dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável,além de fortalecer a participação da juventude baiana na implementação das Políticas Nacional e Estadual de Educação Ambiental.
 
 
 
 

 

Mapeamento

A Secretaria da Educação do Estado, por meio da Coordenação de Educação Ambiental e Saúde, estará mapeando as hortas implantadas nas unidades escolares da rede estadual de ensino. Para isto, disponibilizará o formulário de mapeamento, a partir do dia 02 de abril de 2019, disponível para preenchimento das informações necessárias. A proposta é fazer um diagnóstico da real situação das hortas existentes e fomentar o plantio e o cultivo de hortaliças no ambiente escolar.


 

Notícias Relacionadas