Base Nacional Comum Curricular - BNCC

Base Nacional Comum Curricular - BNCC

Você sabia? 
 
Que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para as etapas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental foi homologada em dezembro de 2017 pelo Ministério da Educação, direcionando a educação brasileira para a formação humana e integral e para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva. 
 
A BNCC estimula um conjunto essencial de conhecimentos e habilidades comuns para todos os alunos da Educação Básica no Brasil e a dez Competências Gerais estabelecidas pelo documento traduzem, no âmbito pedagógico, os direitos de aprendizagem e desenvolvimento desses alunos. 
 
A partir de então, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia em Regime de Colaboração com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME) construiu um documento que tem como base as orientações normativas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), ressignificada e complementada à luz das diversidades e das singularidades do Território Baiano, o Documento Curricular Referencial da Bahia para a Educação Infantil e do Ensino Fundamental (DCRB). 
 
A definição de direitos e objetivos de aprendizagens, contidos no DCRB, busca assegurar que os/as estudantes, de diferentes Territórios de Identidade, construam conhecimentos comuns que lhes possibilitem enfrentar os desafios contemporâneos em qualquer ambiente que estejam dentro do território baiano ou em outros contextos nacionais.
 
Para facilitar o planejamento do ano letivo 2020, nas escolas públicas e privadas do estado da Bahia, conheça o Documento Curricular Referencial da Bahia para a Educação Infantil e Ensino Fundamental (DCRB) na sua versão ainda não-homologada, bem como o Parecer nº 169 do Conselho Estadual de Educação.
 
Breve estaremos apresentando a versão final, revisada e diagramada.
 
>> Clique aqui para conhecer, utilizar e disseminar o DCRB para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental
 
 
 
 
A estrutura do DCRB contempla textos introdutórios sobre territorialidade, marcos teóricos e legais. Trata, também, das modalidades, dos temas integradores e da avaliação.  Apresenta, de forma específica as etapas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, concluindo com um texto sobre “Projetos de Vida e as Transições para o Ensino Médio”.
 
No organizador curricular da Educação Infantil são encontrados os campos de experiência e as orientações metodológicas para os grupos de crianças das faixas etárias de zero a 1 ano e seis meses (grupo I), 1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses (grupo II), 4 anos a 5anos e 11 meses (grupo III).
Nos organizadores curriculares do Ensino Fundamental são encontradas as habilidades a serem desenvolvidas pelos estudantes em cada ano. 
 
Com a aprovação do DCRB pelo Conselho Estadual de Educação, as redes de ensino terão a oportunidade de optar pela adesão integral ao documento ou realizar a adequação dos seus próprios currículos, respeitando a BNCC e o DCRB. 
 
Novos caminhos para 2020
 
A Secretaria da Educação do Estado da Bahia realizará um evento na abertura da Jornada Pedagógica, prevista para o dia 3 de fevereiro de 2020, com o objetivo apresentar o Programa de Formação aos Secretários Municipais de Educação, Conselhos municipais de Educação e Dirigentes dos NTEs.
 
Atuarão nesta formação uma equipe de cerca de 35 formadores, que possuem experiência em diversos programas educacionais, como PACTO pela Alfabetização, PROGESTÃO, PDDE Interativo, Formação pela Escola além da elaboração, monitoramento e avaliação do PME junto aos municípios baianos. 
 
Os Formadores Estaduais realizarão formação nos 27 NTEs com as equipes municipais, que por sua vez farão a formação nos seus respectivos municípios.
 

>> Guia Redes
>> BNCC em profundidade
>> Competências Gerais

SECRETARIA 

GESTORES 

PROFESSORES

 

Documentos anteriores

Notícias Relacionadas